Projetos e Ações

PROJETO ESCOLA DA TERRA​

O Projeto Escola da Terra Engenho do Sertão teve início no ano de 2008, firmado em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura do município de Bombinhas/SC. As biólogas e educadoras Aline Lúcia Vieira e Soraia Gracelides Pinheiro coordenaram as oficinas de Educação Ambiental e Educação Patrimonial recebendo alunos do Ensino Público Municipal de Bombinhas. Os encontros eram realizados no Engenho do Sertão com diversas atividades que iam do papel reciclado à germinação de sementes. De 2010 a 2013 a ação foi contemplada no Edital Ponto de Cultura do Ministério da Cultura. Dentro do projeto, o Programa Aluno Cidadão destacou-se com oficinas para jovens de 14 a 18 anos, com o propósito de facilitar e impulsionar ao mercado de trabalho. Além das atividades culturais já desenvolvidas, a proposta agregou às atividades a Educação Profissional integrando trabalho e renda, ciência e tecnologia, meio ambiente e cultura tradicional. Integrada à gestão compartilhada, a Educação Profissional proporcionou o envolvimento da iniciativa voluntária aplicada na comunidade rural Sertão do Valongo, atingindo jovens quilombolas na arte da cerâmica. A inserção de um 3° Núcleo de atuação na vizinha cidade de Porto Belo, estendeu as oficinas de linguagens artísticas e inclusão digital, articuladas com o poder público do município e iniciativa privada. Atualmente o projeto ESCOLA DA TERRA está sendo executado através do FIA (Fundo para a Infância e Adolescência) do município de Bombinhas. As ações que tiveram início no mês de maio de 2016 e findam no mês de junho do mesmo ano são focadas nas técnicas de Agroecologia e Ações Sustentáveis para a cidade. São ofertadas oficinas de Compostagem, Viveiragem, Patrimônio Alimentar e Bioconstrução em oito encontros no Engenho do Sertão. Os engenheiros ambientais Guilherme Bottan e Pedro Palermo são os ministrantes das oficinas de Compostagem, Viveiragem, a arquiteta Cecília Prompt ministra Bioconstrução e a bióloga Aline Vieira desenvolve as ações de Patrimônio Alimentar e coordenação geral técnica do projeto. A palestra aberta ao público que aconteceu dia 07 de maio sobre Gestão de Resíduos Orgânicos foi ministrada pelo Engenheiro Agrônomo Marcos José de Abreu.

Projetos e Ações - últimos 3 anos

LIVRO DA VIDA: DOCUMENTO, HISTÓRIA E MEMÓRIA

Tratamento dos documentos permanentes ativos e inativos do Instituto Boimamão, para elaboração de um plano de ação com propostas de manutenção e conservação de todo acervo documental e digital, produzidos e ou coletados na comunidade durante os 20 anos de atividades da OSC. Ações em execução: diagnóstico do acervo, higienização de acordo com os preceitos arquivísticos; sistema de acondicionamento; sistema de identificação e difusão de todo o acervo em Plataforma Digital. Projeto patrocinado pelo Prêmio Elisabete Anderle/2019 – em execução 2020.

LEREU DO SERTÃO​

O projeto busca a criação de um acervo histórico que possa pautar novas pesquisas sobre a cultura dos povos que habitavam essas regiões, bem como servir de orientação para a revitalização das manifestações de cultura popular que aludem a geografia, hábitos e costumes dos mesmos. Ações: mapeamento dos detentores dessa manifestação cultural na comunidade bombinense; registro audiovisual e histórico da manifestação cultural "lereu"; suas danças e cantigas; formatação do acervo pesquisado; roteiro prévio para a produção audiovisual para um minidocumentário composto por depoimentos, fotografias, narrativas e música incidental. Patrocínio Edital Mestre Cantalício Rocha 2019/prorrogado. Proponente: Instituto Boimamão – Preservação e Fomento da Cultura Em execução segundo semestre 2020.

VIDAS DE ENGENHO​

Ações e atividades em parceria com os engenhos de farinha atuantes, na cidade de Bombinhas, antes e durante o período da farinhada, com o propósito de fortalecer a manutenção do patrimônio material e imaterial desta manifestação cultural. Práticas e vivências durante os trabalhos nos engenhos em movimento, com participação da comunidade tradicional na transmissão desses saberes a comunidade escolar; promoção das atividades específicas envolvendo as mulheres que lidam nos engenhos de farinha, enaltecendo as senhoras intituladas Mestras da tradição popular; palestras sobre patrimônio imaterial para alunos e educadores; registro em fotos e textos dos processos das farinhadas para construção de um fotolivro intitulado “Vidas de Engenho”. Lançamento novembro de 2019. Patrocínio Edital Mestra Elza Rosa/ 2019- Fundação municipal de Cultura/Programa de Salvaguarda do Patrimônio comunidade de Bombinhas.

OFICINAS DE ARTE EDUCAÇÃO – AÇÕES DE MANUALIDADES

Ações: oficinas de arte educação para adolescentes, no contra turno escolar como proposta de ensino aprendizagem e aperfeiçoamento de habilidades, empreendedorismo, sensibilização e cidadania. Atividades práticas, como forma de descoberta e enriquecimento cognitivo e reconhecimento às Artes Manuais. Oficinas semanais com técnicas da cerâmica figurativa e ilustração têxtil (estamparia e bordado) e produção de bonecos de pano.  Projeto executado de abril a outubro 2019.

INSTITUTO BOIMAMÃO - 20 ANOS

Farinhadas 2018 - Comemorações 270 anos de Açorianidade em terras catarinense e 20 anos de atividades do Instituto Boimamão. Ações alusivas a essas comemorações dentro de um cronograma de atividades para o ano de 2018 acordado com o Programa Municipal de Salvaguarda do Patrimônio da FMC - apoio financeiro através do Edital Mestra Elza Rosa.

PROJETO: BOMBINHAS NA MINHA LEMBRANÇA

A segunda edição da “Cartilha Bombinhas na Minha Lembrança” quero ver Boi-de-Mamão! Proposta concluída com registros da manifestação cênica construída a partir da brincadeira com o boi, aos moldes de como ela acontece por essas paragens; integrando elementos vinculados à aprendizagem de cantigas, danças, símbolos, versos, mitos, saberes, provérbios e artes, todos envolvidos numa rede de palavras e temas geradores, que permeiam a linguagem popular e ganham vida no balanço dos bonecos que vão contando suas histórias, em versos cultivados, no seio das manifestações culturais das comunidades que representam. Lançamento da Cartilha final de 2018 e distribuída na comunidade escolar.

PROJETO: GUARDIÃS DA TERRA

FIA – Fundo Municipal da Criança e do Adolescente Implementação as ações de educação patrimonial e ambiental para a integração e sensibilização de adolescentes acerca do papel da sociedade na criação e manutenção de ambientes justos, limpos e saudáveis. Etapa 2017. Ações: oficinas práticas de patrimônio alimentar com produtos da agricultura familiar; oficinas de compostagem (produção de composteiras) em baldes reciclados e caixas de madeira para pequenas hortas de uso domiciliar em suas casas.

0607_logo_elisabete_anderle_20170608_1003860648-removebg-preview

Instituto Boimamão © 2020. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Lupus Estúdio e Estúdio CACCO.