Colaboradores

Ro

Rosane Luchtenberg

A destemida mulher, carinhosamente conhecida como Rô do Engenho, desfruta dos sonhos plantados e colhidos e vive a vida cercada da magnitude da obra construída coletivamente nestes 23 intensos anos de trabalho. Vinda de Blumenau, chegou em Bombinhas em 1992 e, em seu trabalho com o turismo, foi envolvida e contagiada pelos relatos e histórias daqui. Esse encantamento motivou a construção de sua pesquisa através do registro de fragmentos contados, escutados, fotografados, anotados e gravados que, com o passar dos anos, se assemelharam a uma “bricolagem” de expressões culturais regionais. Surgiu a coragem para a aquisição de um engenho de farinha centenário, onde foi criado o Instituto Boimamão, em 1998. O Engenho do Sertão ganhou significação nos corações bombinenses e, com o apoio da comunidade, foi criado o Museu Comunitário Engenho do Sertão em 2007, projeto premiado como Ponto de Cultura e como Ponto de Memória. O protagonismo e dedicação da Rô do Engenho à cultura e à tradição de Bombinhas, rendeu-lhe, em março de 2020, a “Moção de Aplauso” da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina. Em um espaço de afeto, além dos colaboradores assíduos, parentes queridos e dos amigos do peito, ela conta com o apoio do filho Rafael (45), seu maior incentivador, que lhe deu uma neta, Lara (10), o “colar de pérolas” para seu seio de afetuosa amiga-parceira-mãe-avó.

ALINE

Aline Lúcia Vieira

É bióloga, musicista, cineasta, produtora cultural e arte-educadora. Iniciou suas atividades no Instituto Boimamão em 2007. Atua na Escola da Terra, coordena o projeto Alecrim Dourado, produz eventos culturais no Engenho do Sertão, dentre outras atividades.

DANI

Daniel Balbinotte

Zelador do Museu, responsável pela jardinagem e produção de mudas do NAPO (Núcleo agrícola de produção orgânica) da instituição. É contratado pelo Instituto Boimamão, desde 2010. Técnico agrícola, instrutor nas visitas guiadas sobre agroecologia e oficinas de apoio a educação ambiental.

Jadir

Jadir Nadiel Coelho

É artesão e funcionário público cedido para o Museu Comunitário Engenho do Sertão. Ocupa o cargo de 1° Secretário na organização desde 2014 e é responsável pelo patrimônio edificado do Museu. Restaurador e instrutor das oficinas de marcenaria para jovens em processo de medidas protetivas (Prestação de Serviço Comunitário) encaminhados pela Secretaria Municipal de Assistência Social de Bombinhas.

Inês

Maria Inês Dorneles do Amaral

Acompanha a fundadora Rô e a Instituição desde a sua criação, em 1998. Inês é jornalista e professora na Rede Municipal de Ensino de Bombinhas. Atualmente coordena programas e projetos educativos, na Secretaria Municipal de Educação. Na qualidade de amiga do Museu, colabora com as publicações literárias do Instituto Boimamão, por meio da edição, revisão e adequação pedagógica de textos.

Mari

Marilete Pedro

Assistente da administração nas ferramentas de internet desde muito jovem. Nos últimos 15 anos, acompanha a evolução das mídias digitais da OSC e atualmente está finalizando o curso de Comércio Exterior. Segue como assessora financeira e ocupa o cargo de primeira tesoureira na diretoria executiva da organização.

Pati

Patrícia Estivallet

Pesquisadora das artes manuais e da cultura popular, é licenciada em Artes Visuais e colaboradora na instituição desde 2003. Ceramista, artesã e bonequeira, atua como arte educadora nas oficinas práticas da Escola da Terra Engenho do Sertão.

Pedro

Pedro Paulo Dutra

Estudante e assistente de informática na organização desde 2018. Nasceu no espaço do Museu Comunitário, tornou-se afilhado da Rô do Engenho, hoje assessora a gestora nos projetos e mídias digitais.

Zane

Rosane Fritsch

Assistente geral da organização desde 2005. Quituteira e instrutora das oficinas de gastronomia, coordena os eventos sócio culturais, as oficinas práticas do Ponto de Cultura Escola da Terra e integra o Conselho Consultivo do Instituto Boimamão.

Nano

Sandro Luchtenberg

Guardião da instituição desde 2008, é assistente nas Oficinas da Marcenaria e do Horto na produção de mudas, artesão, pintor e cozinheiro da equipe permanente. Nano, como é conhecido, acompanha as tarefas diárias da diretoria junto com a irmã Rô do Engenho.

Yolanda

Yolanda Flores e Silva

Antropóloga e Enfermeira, da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) e amiga do Museu desde 2012. Atua no museu com palestras a pedido do Instituto BoiMamão ou para ações relacionadas a projetos de ensino, pesquisa e extensão com alunos da graduação e pós-graduação dos cursos de Turismo, Gastronomia, Saúde e História.

DIRETORIA EXECUTIVA

Rosane Luchtenberg

Presidente

Victória Namestnikov El Murr

Vice-Presidente

Jadir Nadiel Coelho

Primeiro Secretário

Edna Márcia de Miranda

Segunda Secretária

Marilete Pedro

Primeira Tesoureira

Luciana Bley de Noronha

Segunda Tesoureira

CONSELHO FISCAL

Alcedir do Espírito Santo

Alessandra Martins Vicente

Fernanda Nadir da Silva

Nádia Namestnikov El Murr

Marilete PedroSandro Luchtenberg

Vera Eli Pires

CONSELHO CONSULTIVO

Adauto Saturnino Januário

José Luiz Pinto da Silva

Nilda Odete da Silva

Rosane Fritsch

Maria Julia Emilio

Instituto Boimamão © 2020. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Lupus Estúdio e Estúdio CACCO.